Resenha: O Príncipe Encantado - Julie Garwood


Título Original :  Prince Charming
Casal : Lucas e Taylor
Sinopse :  Taylor Baker é uma dama. Só lady Esther, sua amada avó, sabe como fica triste quando seu namorado foge com sua prima. Antes de morrer a velha anciã cuida de deixar o futuro de sua neta assegurado.
Do mesmo modo, Lucas Ross viaja a Londres para encontrar seu irmão mais novo e levá-lo de volta para casa. Mas ele precisará comprar a liberdade do menino do seu tutor legal, o indivíduo que humilhou Taylor Baker.
Para Lucas, o plano tem duplo apelo: ao se casar com Taylor, vai punir o tutor e ajudará uma linda jovem a ter sua própria segurança financeira.

Sobre o livro: Lady Esther,estava morrendo, mas não queria deixar que ninguém soubesse, principalmente o inútil de seu filho Malcolm. Ela desejava que sua  neta a lady Taylor, e as pequenas bisnetas Georganna e Alison,(filhas de sua falecida neta mais velha Marian) que nem conhecia, ficassem segura, longe da má influência do tio, a velha senhora planejava, que a neta deixasse a Inglaterra antes de sua morte. Planos esses que eram mantidos em sigilo, mas contavam com a plena concordância de Taylor, que havia retornado da Escócia ,lugar para onde tinha viajado, depois de passar pela humilhação de ter seu casamento cancelado.
    Lucas Michael Ross, se encontrava em sua ultima noite na Inglaterra, completamente de mau humor, além de precisar comparecer a um baile, que exigia regras e costumes que o sufocava,ele ainda era obrigado ,a estar no mesmo ambiente que seu meio irmão, William Merritt III, o herdeiro do título, e da herança paterna. Lucas era três anos mais novo que William, o pai de ambos havia conhecido a mãe de Lucas, uma camponesa de Kentucky, em uma viagem para a América, e tinha se aproveitado dela sem revelar que já era casado e com um filho. Acompanhado pelos nobres cavalheiros Morris e Hampton, (amigos de seus meio irmãos Jordan e Douglas), Lucas remoinha o fato de ter precisado pagar para William,pela liberdade de seu meio irmão mais novo Kelsey, que naquela altura estava a caminho de Boston, acompanhado de Jordan e Douglas.
No momento que Taylor chega ao baile, chama a atenção de todos, os presentes inclusive de Morris e Hampton, por sua beleza e simplicidade, mas também pelo fato de ser sua primeira aparição depois do escândalo do casamento cancelado.  Para manter as aparências, ela compareceu ao baile, conforme o plano da avó, desejado que seu acompanhante aparecesse o quanto antes. Taylor se reúne com suas amigas Alison, Jennifer e Constance , que comentavam sobre um cavalheiro de reputação duvidosa, mas muito atraente, que havia encantado a todas, deixado ela curiosa. Ao perceber, a aproximação de seu ex-noivo, William,que a abandonou dias antes de seu casamento para fugir, com sua prima Jane, que todos desconfiavam que estava grávida, Taylor fica nervosa, e decidi, fugir, mas muda de idéia, quando da de cara com Lucas caminhava em sua direção, pois tinha percebido o interesse de seu meio irmão, por ela. 

 Em sua vida nunca tinha visto um homem tão incrivelmente bonito. Era um verdadeiro gigante: magro, mas musculoso ao mesmo tempo, de ombros largos e cabelo muito escuro. Sua pele era como o bronze, certamente por ter ficado longos dias ao sol, e seus olhos, bom Deus, seus olhos eram da cor de um feiticeiro: um intenso e rico tom de chocolate. Tinham rugas nos cantos deles , pequenas rugas maravilhosas, provavelmente causadas por abrir os olhos contra o sol.* Pág 25.

William e Lucas chegam ao mesmo tempo, no local onde Taylor se encontra com suas amigas. O primeiro deseja conversar com ela a sós, para tentar convencê-la , a reatar o romance, apesar de estar casado, já o segundo explica que já passa da meia noite, horário marcado para eles deixarem o baile. Um caos se forma ao redor do casal, pois todos estão curiosos e surpresos, pois achavam impossível que Taylor pudesse conhecer Lucas, já que se encontrava fora da Inglaterra, no meio de um impasse constrangedor, pois ela não conseguia se lembrar o nome dele, esta acaba revelado que eles estão casados.

* -Você é muito mais alto do que eu lembrava. Suas palavras surgiram em um leve sussurro. Lucas sorriu, gostava de sua voz: era sensual, suave, muito excitante.
-E você, muito mais bonita do que eu lembrava.* Pág 27.


Lucas,  na verdade  se considerava tutor de Taylor, já o casamento deles tinha sido um acordo, firmando entre ele e madame, para que ele , como marido a protegesse, de  seu tio Malcolm, e a acompanhasse até Boston . Durante o percurso para o navio, Taylor descobre que Lucas vive em um vale, numa cidade isolada chamada Redenção, sem que ele perceba ela começa a fazer planos para proteger suas  sobrinhas. No navio de nome Esmeralda , Taylor conhece, lady Vitória Helmit, uma amante de Shakespeare , que tentava suicídio, por ter sido expulsa de casa pelos pais por estar grávida. Solidária Taylor promete ajuda-la, e elas acabam se tornando amigas.
Durante a viagem para Boston, Lucas tenta ao máximo, se manter afastado de Taylor, pois começa se sentir atraído por ela, e também pela constante tentação de querer consumar um casamento que ele não deseja. Ele também fica intrigado por finalmente perceber que sua esposa não possui vaidade nenhuma, e começa a se perguntar qual real motivo que a levou a aceitar esse casamento.

* Lucas fechou os olhos e tentou bloquear qualquer pensamento libidinoso. Decidiu fazer uma lista com todos os motivos pelos quais não queria ser um homem casado. Em primeiro lugar, e o mais importante: sua liberdade. Não era um homem do lar, e sim um andarilho. Uma esposa era como uma corda ao redor do pescoço, uma complicação que não queria, nem precisava.*Pág 68

Quando já estão estalados em um grande hotel de Boston, Taylor recebe um telegrama avisado da morte da avó, logo depois ela descobre que lady Esther havia deixado uma grande parte da herança para ela e suas sobrinhas, aflita sem poder revelar o seu grande temor para o marido, Taylor acaba desabafado com Vitória, que agora mais do que nunca precisa encontrar um lugar seguro para criar as sobrinhas gêmeas, Georganna e Alison, que  desde a morte de seu cunhado George estão com a babá Madame Bartlesmith em Boston. Mais um imprevisto acontece, Taylor descobre que a babá das meninas morreu e que as crianças sumiram, desesperada ela conta toda a estória para Lucas que promete ajudá-la.

-Não fique aí, Por Deus. Procure seus revólveres. Talvez precise de dois. Ele dirá onde as tem escondidas. Deve obrigá-lo a dizer. Não podemos permitir que escapem. Do contrário não as acharei jamais. Pág 146.

Enquanto Lucas e Taylor partem para Cincinati ao encontro de Hunter , um amigo dele, que vai ajudá-lo nas buscas, Vitória, ficou em Boston, cuidado dos preparativos secretos para a viagem para Redenção. Hunter encontra o casal , na estação ferroviária e se mostra desconcertado e depois encantado pelas gentilezas de Taylor, pois por ser metade índio, sempre foi descriminado.  O primeiro encontro de Hunter e Vitória não e dos melhores, já que ela passa mal, mas com desenrolar dos dias podemos ver algumas pequenas faíscas de um futuro relacionamento. Lucas e Hunter conseguem resgatar as gêmeas com a ajuda de Taylor, e para surpresa deles encontram uma terceira criança, um menino mestiço que considerava as meninas suas irmãs.
Agora Lucas se sentia como se tivesse percorrido todo o caminho até o céu. Taylor. Com seus cachos de ouro e seus fantásticos olhos azuis. Céus, gostava até de seu mau humor.Pág 204.

 Como prometido Taylor e Lucas tem uma noite de núpcias, logo em seguida ele viaja para cuidar de um assunto pendente, em Chicago, deixado  Hunter cuidado da esposa, dos filhos de Vitória . Mas Taylor decide antecipar sua viagem para Redenção ao descobrir que seu tio Malcolm , não apenas solicitou a anulação do testamento de lady Esther, como também a guarda das meninas, como já era de esperar  Lucas não gosta nada de descobrir, que sua mulher foi parar em Redenção, pois não acredita que aquele lugar seja adequado, para ela , os filhos e  Vitória morarem.
No meio desse impasse Lucas e Taylor, precisam enfrentar seus medos,revelar seus segredos, para juntos encontrarem um meio de protegerem as gêmeas  do tio Malcolm.
Meus comentários: A autora Julie Garwood, escreve  de uma maneira leve e as vezes divertida, um romance adorável que prende você do inicio ao fim. Lucas e Taylor, são um casal que no principio você pode imaginar que pertencem a mundos diferentes, mas com o decorrer da leitura vocês irão perceber que eles tem muito mais em comum do que podem imaginar.
Recomendo !! Não esqueçam de comentar.




8 comentários :

  1. tem selinho pra ti no blog,floor.

    Novidades Literarias

    ResponderExcluir
  2. pronto esta la ja,ocorreu um erro na postagem,perdão floor.

    http://livrosecinemasdeamanda.blogspot.com/2012/02/selinhos-3.html

    ResponderExcluir
  3. Oi, eu não conhecia esse livro!
    Parece ser muito bom!

    André Luiz
    www.viajandonoslivros.com

    ResponderExcluir
  4. Nossa,que mega resenha!!
    Curti bastante,não conhecia o livro mas gostei muito da resenha!!Pois,faz bem o estilo de livro que gosto de ler.
    Bjs..
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  5. Que resenha hei... Não conhecia o livro, mais super adorei sua resenha! Beijos...

    ResponderExcluir
  6. É Marla, às vezes os casais que dão mais certo são aqueles que a princípio não tem nada em comum, não é? A trama desse livro parece bem complexa, deve ser bom!
    Bjs...Elis.

    ResponderExcluir
  7. Menina, acredita que nunca li nada dessa autora??? E olha que tenho 3 livros dela aki na minha estante, só me aguardando pra ler, hehe!
    Ainda chego lá!!!

    =)

    ResponderExcluir
  8. Olha eu aqui novamente, hehhe
    acho seu blog lindo, acho que é pq tem bella e eduard!!
    Bela resenha a sua, adorei...

    beijos
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)