Sedução irresistível - Emma Darcy [ Maratona de Banca de Maio]


Título Original: The marriage decider
Tema : Secretárias
Casal: Christopher e Annebelle
Sinopse: Casada com o patrão?
Por dois anos Annebelle Taylor se preocupou em manter distância do chefe, um disputado solteirão. Porém ,em uma manhã, tudo mudou. O relacionamento, antes extremamente profissional, fugiu ao controle. Annebelle percebeu que não dava para fingir que nada havia acontecido, por uma simples razão: estava esperando um filho de Christopher. Só havia uma saída: precisava colocar um casamento na agenda!


Sobre o livro: Annebelle Taylor é uma jovem de vinte oito anos, que trabalhava há dois anos como assistente pessoal de Christopher Carter, um solteirão charmoso de trinta e quatro anos, que não gostava de compromissos e era proprietário da Wide Blue Ltda, ela estava tentando assimilar a traição e o casamento do seu ex-namorado de mais cinco anos, Steve. Christopher que normalmente era pontual, naquele dia chegou atrasado, e na companhia de seu sobrinho Joshua, que era um bebê de colo, pois os pais da criança, haviam tido uma emergência medica, deixando sua assistente chocada. Annebelle que estava magoada por ter sido abandonada por Steve, porque outra mulher iria lhe dar um filho, ficou com raiva quando Christopher deixou Joshua para que ela cuidasse sem imaginar que a visão da criança a fazia recordar tudo que ela havia perdido. Sem conseguir se controlar Annabelle desconta toda a raiva sentida por Steve em cima de Christopher, mais depois se arrepende, porque apesar do jeito brincalhão e das provocações do chefe, Annebelle gostava de trabalhar com ele, que era um excelente homem de negócios.


*Sem precisar fitá-lo, podia vê-lo entrando. Um homem alto, forte, musculoso, de pele bronzeada, cheio de char­me, com um leve sorriso acentuando a sensualidade da boca, que combinava força e provocação.*Pág 5.
Para surpresa de Annebelle, que pensava que iria ser despedida, Christopher pede desculpas a ela, por ter jogado a responsabilidade de cuidar do sobrinho pra cima dela, mais ele afirma que apenas agira daquela forma, pois queria que fosse uma novidade, pois de um modo geral a maioria das mulheres sempre gostam de bebês, tocada pela gentileza do chefe, Annebelle acaba contado para ele, que Steve engravidou outra garota e foi embora, Christopher a conforta dizendo que Steve não era o homem certo para ela.Ao conhecer Ruth a irmã de Christopher, Annebelle percebe como seria bom ter sido criada em uma familia unida, já que ela e os irmãos que não via há muito tempo, tinham sido criados por uma mãe submissa que nada fazia para proteger os filhos do pai autoritário, criado nela uma fobia de casamento, pois temia que a relação terminasse como a dos seus pais. Apesar de resistência inicial, Annebelle aceita a proposta de Christopher de se mudar de apartamento, para iniciar uma nova etapa na sua vida, deixado Steve e sua infidelidade no passado. Ela fica encatada com o apartamento que fica a beira a mar, que Ted Durkin, um corretor amigo de Christopher deseja alugar.
* O interesse demonstrado não poderia ser contornado. Annebelle suspirou. Durante todo o tempo em que tra­balhava com Christopher Carter, evitara tocar em as­suntos pessoais, e, naquele único dia, tinha desfeito gran­de parte de tudo o que fora alcançado.*Pág 20.

Para comemorar o acordo de aluguel Christopher leva Annebelle para almoçar, mais o momento de alegria e renovação e interrompido por uma loira chamada Isabella Maddison , que se mostra interessada em Christopher, deixado Annebelle com raiva da intrusa , e para o divertido do chefe, ela decide fingir ser sua namorada, colocando assim a loira em seu devido lugar. Sem ter Steve como barreira a atração entre Annebelle e o chefe ganha força, mais ela resiste já que teme iniciar uma relação com Christopher. Numa bela manhã de sábado Annebelle, se muda para o apartamento novo, e quando Steve sem ser convidado aparece, ela fica mais do que agradecida com a presença de Christopher lá, que havia aparecido minutos antes com um jantar para dois, sabendo que ela estaria se sentindo sozinha. O ex de Annebelle se mostra surpreso e ao mesmo tempo furioso por encontrá-la acompanhada do chefe, que insinua que eles estão juntos.
*— Já estou nova, revigorada e com o controle de volta.
—Que pena! Foi muito excitante vê-la em ação. In­trigante também. Mostrou-me um lado de sua persona­lidade que fazia questão de esconder. Não que eu não suspeitasse que existisse, mas...*Pág 33.

Quando Steve parte ao perceber que a ex estar em outra, o inevitável acontece e Annebelle e Christopher ficam juntos, mais quando a paixão e saciada e eles voltam aos poucos á realidade, Annebelle fica confusa e sem saber como agir, Christopher percebe o estado dela e deixa claro que deseja que eles tenham um relacionamento, mais que não fará nada para pressioná-la, a ficar com ele. Aliviada por Christopher entender seus receios, Annebelle decide, manter apenas a relação profissional com ele, até descobrir que estar grávida, agora ela precisa decidir o que fazer. Poderá Christopher convencer Annebelle a dar uma chance aos dois?
Meus comentários: O que eu acho interessante nesse romance e que apesar de Annebelle, sempre se mostrar desconfiada das atitudes de Christopher ela jamais percebeu que ele fazia tudo para agradá-la e com isso conquistá-la.
Bem o enredo do romance e bem leve, e o casal protagonista tem uma química bem legal. Christopher e um fofo, e Annebelle às vezes um pouco irritante com tantas desconfianças.
Recomendo!
Boa leitura e não esqueçam de comentar!


 

6 comentários :

  1. Nunca li romance de banca, mas minha mãe e minha prima são viciadas. Acho que só estou esperando a oportunidade certa, pois sei que vou adorar.
    O enredo deste parece ser muito bom, vou deixar anotado para quando passar em algum sebo tentar encontrar *.*

    ResponderExcluir
  2. Tenho alguns romances de banca em casa, minha irmã adorava. Não tenho nada compra, apesar de fazer tempo que não leio nenhum, mas não teria conhecido Nora Roberts e Janet Dailey se não fossem eles.

    Parabéns pela resenha, me deu vontade de ler um?

    Bjos.
    Cida
    @c_i_d_a
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  3. Nunca li livros de banca, e acho que meus pais iriam estranhar se me vissem lendo um livro com essa capa. A história pode até ser legal, mas eu não conseguiria ler com essa capa, me perdoe, ehhehe. Eu gosto de romances, mas não melosos. Esse até me pareceu levinho de ler mesmo, mas prefiro algo... diferente, não sei explicar. Pode até ser preconceito meu, mas eu não curto, não ^^
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Oi Marla!
    Já notou que quando os mocinhos são bonzinhos demais, as mocinhas são desconfiadas e resistentes? Vai entender!?!
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  5. Opa, um romance arrebatador entre a funcionária e o chefe!!! Adoro este tema, hiuahiua. Gostaria de ler este livro com certeza.

    Vanessa - Balaio

    ResponderExcluir
  6. Oi Marla!
    Concordo com a Elis, toda vez que o mocinho é bonzinho demais, as mocinhas são extremamente desconfiadas. Acho que até eu seria, viu? rsrsrs
    Gostei bastante da resenha e é mais um para a minha lista de futuras aquisições!
    Beijos ;*
    http://coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)