Resenha: Estilhaça-me – Tahereh Mafi

Título Original: Shatter Me
Livro no Skoob || Classificação: 4 || Livro 1
Sinopse: Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Sobre o livro: Em Estilhaça-me, conhecemos Juliette Ferrars. Ela é uma garota de dezessete anos, que desconhece o que ser amada, vivendo em mundo controlado pelo Restabelecimento, uma espécie de ditadura militar, Juliette possui um dom, que ao mesmo tempo e sua maldição. Impossibilitada de tocar em outra pessoa, pois seu toque e letal, Juliette vive em um centro psiquiátrico.  Após ficar isolada por 264 dias e seis mil trezentas e trinta e seis horas, Juliette recebe um colega de cela, um rapaz chamado Adam Kent. Apesar do receio inicial, Juliette, acaba redescobrindo como e conviver com um ser humano, e gostado de ter a companhia de Adam, até descobrir que ele é um soldado do Restabelecimento.

“ Não me importo com suas perguntas, não mesmo. Só estranho ter alguém com quem conversar. É estranho ter de exercer energia para mover meus lábios á formação das palavras necessárias para explicar minhas ações. Ninguém se preocupou por muito tempo. Ninguém me observou o bastante para se perguntar por que encaro o lado de fora da janela. Ninguém jamais me tratou como igual. Mas ele não sabe que sou um monstro meu segredo. Me pergunto por quanto tempo isso vai durar antes de ele fugir para salvar a própria vida.”

Adam foi enviado até Juliette, a mando de Warner, um jovem líder do  Restabelecimento, que deseja utilizar o dom de Juliette em beneficio próprio. Divida entre Adam e Warner, que tem seus próprios motivos para querê-la, que lado Juliette escolherá?

“ Eles tomaram tudo. Minha vida. Meu futuro. Minha lucidez. Minha liberdade.”

Em uma trama que lembra, os X-Men, a autora Tahereh Mafi ousa ao contar a estória de Juliette. Apesar de alguns momentos sua narrativa se tornar cansativa, ela acerta a mão ao  abusar da criatividade ao iniciar uma trama, com doses de romance, ao mesmo tempo em que retrata a luta pelo poder, despertado sua curiosidade pela continuação.
Recomendo!!
Boa leitura e não esqueçam de comentar!!!





16 comentários :

  1. Oi Marla!
    Já li Estilhaça-me mas não curti... Ele lembra X-Men mesmo.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Olá Marla.
    Eu li Estilhaça-me e fui empolgadíssima após ouvir tantos comentários, mas sinceramente não achei tudo que diziam, não foi uma leitura empolgante, me irritei com as repetições, e senti falta de mais informações sobre o mundo distópico criado.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  3. Oi Marla! Não li o livro ainda, mas se lembra X-Men vou gostar, eu não perdia um episódio do desenho animado. Parabéns pela resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Oi Marla!
    Ainda não li esse livro, estou esperando o lançamento do 2º da série para fazer a leitura em sequência. Tenho dúvidas se vou me irritar ou não com as tais repetições, mas o enredo parece mesmo original.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  5. Nahim...Li e adorei esse livro. Como não vi X-men, não sei se é parecido ou não. Louca para o próximo volume.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma.

    ResponderExcluir
  6. Bom sim, o livro parece ter saído de dentro de X-men ;)
    Porém sim até que fim alguem concorda como comigo e diz que a leitura desse livro é cansativa.
    Beijos
    Brubs

    ResponderExcluir
  7. Oi Marla, tudo bem?
    Já li inúmeras resenhas desse livro, umas positivas e outras nem tanto, mas tenho vontade de ler só pra tirar as minhas próprias conclusões com relação a esse livro.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  8. Oi Marla!
    Eu detestei esse livro devido à imitação de X-men. Para mim, esse livro parece plágio... Pois, a Juliette é idêntica à Rogue do X-men.
    Em vista disso, o livro perdeu muitos pontos comigo. :(
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Faz tempo que quero ler esse livro, a capa é perfeita, me interesso muito pela história!

    Marla, estou seguindo!
    Retribui?

    Beijos - http://livrosebatons.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu só acho que lembre um pouco X-Men no final mesmo, mas gostei bastante do livro, estou ansiosa pela continuação *-*

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá! Já faz um bom tempo que venho enrolando pra ler esse livro. E mesmo com a criticas negativas, não desanimei. Do contrario, fiquei mais animada ainda por saber que lembra X-Men. Espero não me decepcionar no final.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Quando eu soube que a protagonista era baseada na vampira, eu fiquei com muita vontade de lê-lo, ela é a minha favorita dos x-men. As resenhas sobre ele são positivas, por isso to bem curiosa.

    Bjs, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adorei esse livro, uma leve distopia que mexeu comigo, pela primeira vez o vilão me conquistou o.O
    Parabéns pela resenha Marla, está muito bem escrita.
    Beijinhos
    Vivi
    RR

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Sério que você achou a leitura cansativa? Aconteceu o contrário comigo. A leitura fluiu bastante e eu o terminei bem rapidinho.
    E verdade, a história lembra muito x-men. Mas isso é apenas uma mera semelhança e essa é uma das poucas distopias que curti. rs
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  15. Só pela resenha ja quero ler muiito ele..

    Ta rolando um sorteio lah no meu blog.
    Fique a vontade para participar...

    http://bchuvadepensamento.blogspot.com.br/2013/01/sorteio.html

    Bjs e sucesso

    ResponderExcluir
  16. Acredita que ainda não li,e estou louca pra ler :)
    Bjus
    Amei o blog

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)