Resenha: O Substituto - Brenna Yovanoff

Autora: Brenna Yovanoff
Título Original: The Replacement
Nº de Páginas:333 || Livro no Skoob
Editora: Bertrand Brasil || Classificação: 5
Sinopse: Mackie não é um de nós. Ele vive na pequena cidade de Gentry, mas vem de um mundo de túneis e águas escuras e lamacentas, um mundo de garotas-cadáver governado por uma pequena princesa tatuada. Ele é um Substituto — deixado no berço de um bebê humano há dezesseis anos. Agora, devido a uma alergia fatal a ferro, sangue e solo consagrado, Mackie está morrendo aos poucos no mundo dos homens. Mackie daria qualquer coisa para viver entre nós. Tudo o que ele deseja é tocar baixo e descobrir mais sobre uma garota estranhamente fascinante chamada Tate. Mas quando a irmãzinha de Tate desaparece, Mackie é irreversivelmente arrastado para o submundo de Gentry, conhecido como Caos.

Sobre o livro: Malcolm “Mackie” Doyle, poderia ser apenas mais um adolescente de Gentry, mas ele não é um garoto normal, ele é um substituto. Mackie que tem dezesseis anos vive com Emma, sua irmã mais velha e com seus os pais (o pai é o pastor da cidade e a mãe trabalha como enfermeira). Tentado levar uma vida normal, Mackie freqüenta a escola na companhia dos amigos Roswell Reed e os gêmeos Drew e Danny Corbett, enquanto tenta ao máximo não chamar atenção para si, ele procura decidir se é por Alice Harms ou Tate Stewart, que ele estar interessado. Mas sendo um substituto a vida de Mackie não é fácil já que ele tem alergia a ferro, sangue e não pode colocar seus pés em solo sagrado. Percebendo que seu irmão estar a cada dia mais perto da morte, Emma decide se arriscar ao fazer um acordo com as criaturas do subterrâneo. O tônico feito de extrato de espinheiro deixa Mackie forte e com a aparência saudável, já que por causa da alergia ele vivia sempre pálido e com olhos da cor de preto profundo sobrenatural. O único problema é que além do tônico não ter efeito permanente, Mackie precisa pagar um preço por isso, e nesse momento, que ele adentra no mundo até então desconhecido por ele.

Eu queria dizer que a amava, e não da maneira complicada como amava nossos pais, mas de um jeito simples que não me forçava a ficar pensando a respeito. Para mim, amá-la era como respirar.
Ela suspirou e se virou para mim.
— Que foi? Por que está me olhando desse jeito?
Dei de ombros. O sentimento era fácil, mas as palavras não saíam.
Ela me fitou por um longo tempo. E, então, tocou meu rosto.
— Boa-noite, feioso.

As criaturas do subterrâneo são divididas em duas casas, A Casa do Caos, liderada por Morrigan, a rainha fantasma e A Casa do Mistério, também conhecida como casa do desespero, liderada pela Dama e seu marido o Carrasco. Por causa do tônico, Mackie passa a freqüentar A Casa do Caos, e a conviver com Morrigan, Janice (que produz o tônico), o casal Carlina e Luther, e as garotas – cadáver. E por causa dessa convivência que ele descobre tanto porque Gentry é uma cidade auto-suficiente, quanto o motivo dos seqüestros de bebês e a existência dos substitutos. Apesar de não concordar, Mackie prefere não se envolver, até que seus sentimentos por Tate Stewart falam mais alto e ele decide salvar, a pequena Natalie, irmã da garota e o ultimo bebê seqüestrado, colocado em risco a própria vida.

Durante toda a minha vida, Emma estivera ao meu lado. Cortando meus cabelos com a tesoura de alumínio do jardim de infância para que eu não tivesse que ir até o barbeiro no centro da cidade, com suas prateleiras de metal e suas tesouras de aço inoxidável. Preparando meu café da manhã, certificando-se de que eu havia comido, de que tinha feito o dever de casa, de que ia sair com os amigos. Garantindo que nada de mal acontecesse. Queria abraçá-la e dizer que tudo era muito melhor do que ela acreditava ser. As coisas eram apenas tão estranhas que ela não conseguia ver.
— Emma… — Minha garganta se apertou, e tive de começar de novo. — Emma, não foi a mamãe quem me fez assim. Quem me manteve vivo todo esse tempo… foi você.


A autora divide a trama de O Substituto, em quatro partes, com isso podemos acompanhar tanto a evolução do enredo, quanto do seu protagonista. Narrado por Mackie, que no inicio tenta a todo custo se manter invisível, mas que no decorrer da trama, vai ganhado determinação e o mais importante um motivo válido para se lutar. Gostei bastante da renovada que a autora deu ao tema sobrenatural, e da maneira como ela retrata os personagens desse mundo assim como as características que ela utiliza para diferenciar os mocinhos dos vilões. Falando dos personagens, tirando Mackie que é um ótimo personagem, como já destaquei lá em cima, Emma, Morrigan e Roswell, são outros personagens que eu também gostei. Emma por ser uma irmã que todos desejariam ter, Roswell, por ser uma amigo para todas as horas e Morrigan, que com seu jeito fofinho e carismático conquista qualquer um. Com um enredo sombrio e digamos inovador, O Substituto é um livro mais do que recomendado!!!


11 comentários :

  1. Não conhecia o livro quando virei blogueira, após um tempo eu consegui obter ele mas ainda não li. Espero que consiga gostar tanto quanto você.

    Beijos :)
    Clicando Livros

    ResponderExcluir
  2. Marla! Eu não sabia que este livro era sobrenatural , eu tinha certeza que era policial, não de onde tirei isso. Bem inovador pelo visto, eu quero ler agora, já vou adicionar no Skoob.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla!
      Assim como a Cida (oi amiga!), não tinha me tocado que esse livro era sobrenatural, é a primeira resenha que leio e adorei a temática, achei bem diferente do usual =)
      Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

      Excluir
  3. Esse é um dos meus livros desejados, porém não sabia muito bem do que se tratava e gostei do que vc falou dele, mais eu achei que ele seria diferente, quero ler e ter minha própria opinião
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  4. Oi Marla.
    Eu acho essa capa tão sinistra.
    Não sou muito fã de histórias arrepiantes, mas confesso que os dados citado na resenha me deixaram bem curiosa.
    Já está indo pra listinha de desejos.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro e depois de ler a sua, fiquei interessada pela história que parece ser bastante diferente.
    Gostei do blog e já estou seguindo :)

    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sou louca pela capa desse livro. Não li muitas resenhas sobre ele e confesso que s sua foi uma das mais detalhadas e que me fizeram querer ler e tudo o mais. Obrigada pela dica.
    Beijos

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2013/09/resenha-lenny-cyrus-o-supervirus-joe.html#more

    ResponderExcluir
  7. Parece ser um livro meio assustador

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu já comecei a leitura deste livro 3 vezes, mas só não dei continuidade porque era no pc, quero ver se consigo comprar o livro físico, esta capa é linda (e sinistra ao mesmo tempo).
    Tenho certeza que vou gostar tanto quanto você.

    Beijoks, Van - Blog do Balaio
    http://migre.me/gadDl

    ResponderExcluir
  9. Eu me lembro de quando vi esse livro na livraria. Nossa, eu ví aquela capa e babei litros e litros. A capa é linda e a história muito boa, apesar de eu ter esperado mais. Mas também recomendaria. *-*
    Gostei do post :D
    Ps: A Tate é uma chata rs

    Beijão.
    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
  10. Eu não tenho a minima vontade de ler esse livro, serio. Até gostei da capa, mas a sinopse e as resenhas não me empolgaram muito. Pra falar verdade, não é muito estilo.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)