Resenha: Prova de Amor – Merline Lovelace

Título original: The Paternity Proposition
Skoob Classificação:3/5 • Bilionários e Bebês #01
183 páginas • Editora: Harlequin Books Brasil

Sinopse: “Você é a mãe do meu bebê?”
O bilionário Alex Dalton já saiu com muitas mulheres. Mas agora ele precisa de apenas uma: Julie Barlett, a ruiva com quem passou a noite mais quente de sua vida. Será ela a mãe do bebê deixado na porta da casa dos Dalton? Quando o exame de paternidade tem resultado inconclusivo, Alex precisa do DNA de Julie para saber se a filha é dele ou de seu irmão gêmeo. Mas como ela se recusa a cooperar, Alex jura seduzi-la até que Julie lhe dê tudo o que ele deseja!

Em Prova de Amor, a autora Merline Lovelace, apresenta uma trama um pouco diferente. A vida de Alex Dalton vira de pernas para o ar, quando a pequena Molly uma menina de seis meses e deixada na porta de Delilah, a matriarca dos Dalton, logo Alex é surpreendido com a notícia de que pode ser pai da menina, mas há um pequeno detalhe, ele tem um irmão gêmeo e para piorar eles não fazem a mínima ideia quem seja a mãe da menina.

Para desvendar o mistério da maternidade, Alex entra em contato com suas ex- amantes, e isso faz com que ele reencontre Julie Barlett, a ruiva que lhe deu uma noite inesquecível. Julie é piloto de avião, além de sócia da AngroAir, uma empresa especializada em aviação agrícola.

Um Dalton já era um golpe baixo. Dois a deixavam sem conseguir respirar.

Julie fica surpresa ao reencontrar Alex, principalmente quando ele revela o motivo de tê-la procurando. Decidido a descobrir se Julie é ou não mãe de sua “filha”, Alex vai usar todas as suas armas para convencê-la a fazer o teste de DNA, enquanto retoma o relacionamento deles, de onde parou.

Prova de Amor, surpreende, por não ser um romance previsível, com uma trama leve e instigante que evolui de forma natural. A autora acerta ao inovar, com a inversão de papeis, acompanhamos o protagonista, no papel que geralmente cabe às mulheres, na busca pela mãe de sua filha e assim provar sua paternidade.

Apenas a visão dos olhos azuis elétricos e do maxilar forte e delineado de Alex Dalton  fez seu pulso se acelerar.

Julie é uma jovem determinada e independente, que perdeu os pais cedo e precisou lutar sozinha, para arcar com sua faculdade e com seu sonho de ser piloto. Sócia de uma empresa de aviação agrícola, que não vai bem das pernas, ela acaba vendo sua vida pessoal e profissional, tomar um rumo inesperado ao reencontrar Alex.
Alex é bonito, rico e bem sucedido, a possibilidade de ser pai, transforma sua vida e ao reencontrar Julie ele percebe que ela pode ser mais em sua vida, que apenas uma aventura de uma noite.

Blake, o gêmeo de Alex, também tem sua vida virada de cabeça para baixo, com o surgimento de Molly, já que também existe a possibilidade dele ser pai da menina. Calmo e gentil, conheceremos sua história em Promessa de Compromisso, livro que ele é o protagonista.
Delilah é mãe de Alex e Blake, viúva e de pulso forte, trabalhou muito para construir o império que agora e administrado pelos filhos. Considerada uma força da natureza pelos filhos, não dar ponto sem nó em tudo que se propõe a conseguir, no caso ver seus filhos casados.

Um dos pontos divertidos da trama e a forma nada sutil, com que Delilah aborda Julie ao interrogá-la sobre suas intenções, em relação a Alex, sem falar das vezes que Julie acaba confundido Blake com Alex, já que os irmãos são praticamente idênticos fisicamente.

- Sob o risco de soar como um completo idiota – murmurou Alex ao se abaixar para roçar o pescoço dela-, tenho uma vaga noção do que Viracocha deve ter sentido ao ver as estrelas emergirem da escuridão

Julie e Alex possuem uma boa química e a única noite que passaram juntos, deixou marcas profundas em ambos, mas enquanto ele estar disposto a investir nos dois, ela se mostra receosa, em entrar de cabeça em um relacionamento e no mundo luxuoso em qual Alex vive.

Em resumo, Prova de Amor é um bom livro, que possui seus clichês, mas que ao mesmo tempo surpreende, com narração em terceira pessoa, onde acompanhados o desenrolar, da relação entre Julie e Alex, enquanto esperamos que o mistério da maternidade de Molly seja revelado. Recomendo!!


13 comentários :

  1. Olá Marla!

    Não sou muito fã desses romances, me parece muito clichê, porém gostei da resenha e o fato de ter um mistério em relação a maternidade de Molly dá uma pitada a mais na história neh?

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha Marla, mas revelo que o livro não me deixou muito instigada pela leitura. Me soou clichê demais, mas fico feliz que tenha apreciado. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Gosto muito desses romances da harlequin, com todos os seus clichês e fofurices! Leio pelo menos um por mês e eles também são ótimos para me tirar de ressacas literárias :)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  4. Olá! Parece ser um livro de leitura fácil e gostosa, ainda não conhecia.
    Beijos,
    Meise Renata.
    viciadas-em-livros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi
    legal saber que a história não é previsível, parece ser um romance gostoso e envolvente, ainda mais porque tem uma criança na história. Quem será que é a mãe da criança.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Marla! Eu sempre gosto de romances assim e os irmãos gêmeos parecem cativantes! Um romance com bom clichê e mesmo assim pode surpreender é uma ótima dica!

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi Marla,
    A premissa soou ter umas cenas engraçadas, só fiquei imaginando eles tentando descobrir a mãe. Parece ser um bom romance.

    tenha uma ótima semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  8. Oi Marla,

    Não conhecia o livro, mas a premissa para ser bem interessante, gosto de livros meio clichês.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Marla, tudo bem?

    Não sou fã dos livros da editora e muito menos da apa, mas esse história parece bem legal, ótima resenha...bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Apesar de ser um livro com clichês, tenho certeza que o desenvolvimento é em interessante e nos deixa curiosos!
    Gostaria de conhecer esse casal! :)

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Marla

    Que diferentes! Geralmente são as mulheres que ficam correndo atrás do pai, nesse é o oposto! Hahaha
    Fiquei curiosa para saber quem é a mãe (e o pai) afinal. Só achei a capa feia.


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Marla!
    Eu tinha cansado um pouco dos livros da Harlequin porque não estava achando um que me chamasse atenção. Mas esse que você postou parece ser interessante, realmente a história é bem diferente!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Oi Marla,
    Ainda não conhecia esse, valeu pela dica! Achei a capa bem bacana.
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita e pelo comentário:)